Instagram é a pior rede para a saúde mental dos adolescentes.
mai24

Instagram é a pior rede para a saúde mental dos adolescentes.

As redes sociais mais populares são fonte de inumeráveis benefícios e vantagens para seus usuários, mas também geram efeitos colaterais pouco saudáveis. Um novo estudo, realizado entre jovens britânicos, aborda um problema muito particular: o bem-estar e a saúde mental dos usuários de tais serviços. Segundo esse trabalho, o Instagram poderia acabar sendo a rede social mais nociva entre os adolescentes, por seu impacto na saúde...

Leia mais >
Jornalista narra em autobiografia como é conviver com a bipolaridade
mai24

Jornalista narra em autobiografia como é conviver com a bipolaridade

Hoje, é comum ouvir piadinhas sobre bipolaridade. Mas o que significa ser bipolar? Talvez eu possa ajudar contando um pouco do que tenho passado até aqui. Em meu livro Me Diga Quem Eu Sou, falo um pouco de como é a minha experiência com este transtorno de humor. Fui diagnosticada aos 21 anos, mas já sofria de depressão intercalada com períodos de uma alegria sem razão de ser desde os 14. Tudo começou com a separação de corpos de meus...

Leia mais >
13 alertas sobre a série “13 Reasons Why”, da Netflix
mai12

13 alertas sobre a série “13 Reasons Why”, da Netflix

Excelente o alerta do colega Prof. Luis Fernando Tófoli. Embora tenha achado a série uma boa obra de ficção e de considerar importante que se levante o debate em torno do bullying e de outros temas como machismo e abuso sexual na adolescência, concordo que seja preocupante a forma como a série apresenta o suicídio de sua personagem principal. Desaconselho a série para adolescentes e sugiro aos pais que abordem o assunto com seus...

Leia mais >
Autora lança livro sobre sua experiência com a bipolaridade
abr23

Autora lança livro sobre sua experiência com a bipolaridade

Helena Gayer é funcionária pública na prefeitura de Pelotas. Depois de cursar um ano de oceanografia, mudou de área e se formou em jornalismo na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre. “Sou bipolar. Fui diagnosticada quando tinha 21 anos. Ou seja, vivo entre dois mundos. Nunca sei para que lado estou indo até mergulhar num dos extremos.” De maneira sincera e sem poupar detalhes, Helena depõe sobre sua vida com o...

Leia mais >
Estimulação magnética é nova aposta para tratar bipolaridade.
mar16

Estimulação magnética é nova aposta para tratar bipolaridade.

Desde 2012, a Estimulação Magnética Transcraniana (EMT) é reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) em casos de depressão uni e bipolar, de alucinação auditiva em esquizofrenia e no planejamento de neurocirurgia. Terapia por estimulação magnética do crânio pode ser nova aliada no tratamento de pacientes bipolares. O estudo, publicado recentemente na revista científica Nature foi realizado por pesquisadores brasileiros no...

Leia mais >

Área do Paciente – Dr. Leonardo Palmeira

Entrar







Perdeu a senha?