Remédios anticolinérgicos para depressão e Parkinson aumentam risco de demência.
mai10

Remédios anticolinérgicos para depressão e Parkinson aumentam risco de demência.

O uso prolongado de determinados medicamentos utilizados no tratamento de depressão, Parkinson e incontinência urinária aumenta o risco de demência. De acordo com um estudo publicado recentemente no periódico científico BMJ, pessoas que tomaram esses remédios, prescritos especialmente para idosos, por mais de um ano apresentaram uma probabilidade 30% maior de desenvolver a doença. Os anticolinérgicos, que atuam bloqueando os efeitos...

Leia mais >
Excesso de calmantes camufla doenças mentais graves e crônicas.
jul11

Excesso de calmantes camufla doenças mentais graves e crônicas.

O uso crônico, por conta própria e em doses crescentes de calmantes (benzodiazepinas, como Rivotril, Lexotan, Valium, Frontal, dentre outros) é frequente entre pessoas da terceira idade e pode esconder sintomas e um passado de doença mental não tratada adequadamente, representando um risco para essa população, que além de não ter o tratamento adequado, possui risco maior de declínio cognitivo (memória e atenção), crises de abstinência...

Leia mais >
Nova droga em teste contra o Mal de Alzheimer
nov04

Nova droga em teste contra o Mal de Alzheimer

Um tratamento experimental contra o mal de Alzheimer se mostrou promissor e livre de efeitos colaterais, anunciaram pesquisadores americanos nesta quarta-feira. A pesquisa, publicada na revista Science Translational Medicine, se baseou em uma pequena amostra de 32 pessoas e deu origem a dois ensaios clínicos mais amplos que estão agora em andamento, com mais de 3.000 indivíduos. O tratamento utiliza um composto chamado verubecestat,...

Leia mais >
Revelados mais segredos do Alzheimer
set20

Revelados mais segredos do Alzheimer

RIO – Uma proteína responsável por ativar as regiões do cérebro que irão processar as informações fornecidas pelos olhos durante a infãncia e a adolescência é o novo alvo dos cientistas na luta contra o mal de Alzheimer, doença neurodegenerativa que afeta milhões de pessoas no mundo. Em experimentos com camundongos e tecidos humanos, pesquisadores das universidades de Stanford e Harvard, nos EUA, relacionaram a ação da proteína...

Leia mais >
Estudo descobre mutação genética que protege contra Alzheimer
jul12

Estudo descobre mutação genética que protege contra Alzheimer

Uma equipe internacional de cientistas descobriu uma mutação genética que protege contra o mal de Alzheimer e a perda de capacidade de aprendizagem causada pelo envelhecimento, segundo um estudo publicado nesta quarta-feira (11) pela revista científica “Nature”. O grupo liderado por Kari Stefansson, do centro “deCODE Genetics”, em Reykjavik, na Islândia, estudou o genoma completo de 1.795 islandeses. Eles descobriram uma mutação em um...

Leia mais >
Geriatras alertam para os perigos da medicina antienvelhecimento
mai24

Geriatras alertam para os perigos da medicina antienvelhecimento

Além da falta de comprovação científica quanto à sua eficácia, as novas terapias de combate aos efeitos do envelhecimento podem comprometer o bom funcionamento do organismo e aumentar os riscos de câncer, segundo a presidenta da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, Silvia Pereira. A reposição de nutrientes e o uso de remédios, como hormônio do crescimento (GH), para ganhar músculos e queimar gordura com facilidade, podem...

Leia mais >
Iniciativas da Prefeitura do Rio para a Terceira Idade.
jan26

Iniciativas da Prefeitura do Rio para a Terceira Idade.

A Secretaria de Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida (SESQV) é o órgão municipal responsável pelas políticas públicas voltadas para a terceira idade. A missão é implementar e promover políticas públicas, proporcionando qualidade de vida ao idoso da cidade do Rio de Janeiro. O objetivo é promover a qualidade de vida, disseminar os hábitos saudáveis e melhorar a condição de vida da população da terceira idade. Objetivos...

Leia mais >
Ler livros e fazer quebra-cabeças reduz proteína relacionada com Alzheimer.
jan25

Ler livros e fazer quebra-cabeças reduz proteína relacionada com Alzheimer.

As pessoas que mantêm o cérebro ativo durante toda a vida com atividades cognitivamente estimulantes como leitura, escrita e jogos têm menores níveis de proteína beta amiloide, vinculada com o Mal de Alzheimer, indicou um estudo publicado na edição digital da revista “Archives of Neurology”. A proteína em questão forma placas senis no cérebro dos pacientes com Alzheimer ao concentrar-se e afetar a transmissão entre as...

Leia mais >
Gliose: você sabe o que é?
ago21

Gliose: você sabe o que é?

Tenho recebido muitos e-mails com perguntas sobre o significado de gliose e microangiopatia ateroesclerótica. Isto porque é comum este achado em exames de ressonância magnética cerebral em pessoas acima de 50 anos de idade. Já respondi inclusive a um depoimento deixado no blog a respeito, mas como é um assunto recorrente, resolvi abordá-lo melhor aqui. Gliose é uma alteração da substância branca do cérebro evidenciada na ressonância...

Leia mais >
A memória depois dos 50
jan02

A memória depois dos 50

O que é a memória e quais são suas principais funções? A memória é uma das funções mentais mais complexas e está presente a todo o momento em nossas vidas. Hábitos, como dirigir, andar de bicicleta, escovar os dentes, sentar à mesa de um restaurante dependem da nossa memória sem que percebamos. Da mesma forma, a capacidade de apreciar um bom vinho e uma boa comida. A consciência de quem somos, qual nosso papel e desafios pessoais,...

Leia mais >

Área do Paciente – Dr. Leonardo Palmeira

Entrar







Perdeu a senha?