Entrelaços promove debate na UFRJ sobre empoderamento e recuperação nas práticas da saúde mental.
nov18

Entrelaços promove debate na UFRJ sobre empoderamento e recuperação nas práticas da saúde mental.

Sábado, 02 de dezembro de 2017, de 8:45 às 13h Local: Auditório Leme Lopes – Instituto de Psiquiatria da UFRJ (IPUB) Av. Venceslau Brás 71, fundos, Botafogo, Rio de Janeiro, RJ Público-alvo: pacientes, familiares e profissionais de saúde Entrada...

Leia mais >
Remédio com chip para esquizofrenia é aprovado nos EUA
nov17

Remédio com chip para esquizofrenia é aprovado nos EUA

Remédio para esquizofrenia com chip rastreável é aprovado nos EUA. featured image Pela primeira vez na história, o FDA, órgão norte-americano responsável por aprovar medicamentos vendidos nos EUA (semelhante à Anvisa), aprovou a comercialização de uma “pílula digital” – um remédio equipado com um chip rastreável -, informou nesta terça-feira, 14, o jornal The New York Times. Trata-se do Abilify MyCite, uma variante do Abilify, um...

Leia mais >
Chega ao Brasil a Lurasidona, nova opção de tratamento para esquizofrenia e transtorno bipolar.
out31

Chega ao Brasil a Lurasidona, nova opção de tratamento para esquizofrenia e transtorno bipolar.

Chega este mês no Brasil, aprovado pela ANVISA (Agência de Vigilância Sanitária), a lurasidona (Latuda), mais uma opção para o tratamento da esquizofrenia e da depressão bipolar. Lurasidona (comercializado com o nome de fantasia Latuda, pelo laboratório Daiichi Sankyo Brasil) é uma molécula com propriedades antipsicóticas da classe dos atípicos ou de segunda geração, agindo como antagonista (bloqueadora) de receptores de dopamina D2 e...

Leia mais >
Cientistas anunciam melhorias em revolucionária ferramenta de edição genética.
out26

Cientistas anunciam melhorias em revolucionária ferramenta de edição genética.

Apontada como um dos maiores avanços da ciência nos últimos anos, a técnica de edição genética conhecida pela sigla CRISPR deu aos cientistas uma maneira relativamente simples, eficiente e barata de manipular o DNA. Isto possibilitou pesquisas mais amplas sobre a influência dos genes na saúde e na doença e despertou a esperança de novas e revolucionárias terapias para uma miríade de condições causadas por mutações genéticas, muitas...

Leia mais >
DIA MUNDIAL DA SAÚDE MENTAL 2017
out10

DIA MUNDIAL DA SAÚDE MENTAL 2017

Saúde mental no local de trabalho Durante a vida adulta, uma grande parte do nosso tempo é gasto no trabalho. Nossa experiência no local de trabalho é um dos fatores que determina nosso bem-estar geral. Os empregadores e gerentes que implementaram iniciativas no local de trabalho para promover a saúde mental e para apoiar os funcionários com transtornos mentais vêem ganhos não apenas na saúde de seus funcionários, mas também na...

Leia mais >
Google oferece teste online para ajudar no diagnóstico da depressão.
set20

Google oferece teste online para ajudar no diagnóstico da depressão.

A depressão afeta 322 milhões de pessoas no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Os dados divulgados em fevereiro de 2017 apontam que o número representa 4,4% da população do planeta. Com o intuito de ajudar no diagnóstico da doença, o Google agora oferece um teste online. O questionário é baseado no PHQ-9, um dos formulários clínicos mais usados ao redor do mundo para detectar depressão. A ferramenta funciona da...

Leia mais >
Ioga reduz sintomas de depressão, dizem pesquisas.
ago07

Ioga reduz sintomas de depressão, dizem pesquisas.

Respirar e permanecer em determinadas posições por alguns segundos. Sem nenhuma tecnologia, a prática de ioga se tornou uma aliada da medicina. De acordo com estudos apresentados na 125ª Convenção Anual da Associação Americana de Psicologia, a ioga é capaz de diminuir os sintomas da depressão. Uma pesquisa feita pelo Centro Médico de Veteranos de São Francisco identificou redução significativa dos sintomas da doença após oito semanas...

Leia mais >
Excesso de calmantes camufla doenças mentais graves e crônicas.
jul11

Excesso de calmantes camufla doenças mentais graves e crônicas.

O uso crônico, por conta própria e em doses crescentes de calmantes (benzodiazepinas, como Rivotril, Lexotan, Valium, Frontal, dentre outros) é frequente entre pessoas da terceira idade e pode esconder sintomas e um passado de doença mental não tratada adequadamente, representando um risco para essa população, que além de não ter o tratamento adequado, possui risco maior de declínio cognitivo (memória e atenção), crises de abstinência...

Leia mais >
Pink Champagne: nova droga parece cristais rosa e já faz vítimas.
jul10

Pink Champagne: nova droga parece cristais rosa e já faz vítimas.

Um novo tipo de droga vem preocupando muitos pais no Reino Unido, mais precisamente em Manchester. Chamada Pink Champagne (“Champanhe Rosado”, em tradução livre), a variação do ecstasy já fez vítimas na cidade localizada no interior da Inglaterra. De acordo com uma reportagem da BBC, dez jovens foram internados e um faleceu. Tudo isso em apenas um único final de semana de junho. Pode parecer um número pequeno, mas não é. Ainda mais...

Leia mais >
Qualidade de genéricos no Brasil preocupa, diz CFM.
jun02

Qualidade de genéricos no Brasil preocupa, diz CFM.

Que precisamos ter cuidado com medicamentos genéricos no Brasil, não é nenhuma novidade. Mas um órgão como o Conselho Federal de Medicina fazer o alerta através de seu portal e na revista distribuída aos médicos de todo o país é sim um fato que merece destaque! Precisamos cobrar da ANVISA maior rigor na fiscalização e o cidadão precisa denunciar genéricos de má qualidade. O telefone da ANVISA é:0800 642 9782 e o site:...

Leia mais >
Instagram é a pior rede para a saúde mental dos adolescentes.
mai24

Instagram é a pior rede para a saúde mental dos adolescentes.

As redes sociais mais populares são fonte de inumeráveis benefícios e vantagens para seus usuários, mas também geram efeitos colaterais pouco saudáveis. Um novo estudo, realizado entre jovens britânicos, aborda um problema muito particular: o bem-estar e a saúde mental dos usuários de tais serviços. Segundo esse trabalho, o Instagram poderia acabar sendo a rede social mais nociva entre os adolescentes, por seu impacto na saúde...

Leia mais >
13 alertas sobre a série “13 Reasons Why”, da Netflix
mai12

13 alertas sobre a série “13 Reasons Why”, da Netflix

Excelente o alerta do colega Prof. Luis Fernando Tófoli. Embora tenha achado a série uma boa obra de ficção e de considerar importante que se levante o debate em torno do bullying e de outros temas como machismo e abuso sexual na adolescência, concordo que seja preocupante a forma como a série apresenta o suicídio de sua personagem principal. Desaconselho a série para adolescentes e sugiro aos pais que abordem o assunto com seus...

Leia mais >

Área do Paciente – Dr. Leonardo Palmeira

Entrar







Perdeu a senha?