Encontro sobre Saúde Mental do Grupo Abra a Sua Mente debate a recuperação através do trabalho e da família

Autor: Dr. Leonardo Palmeira

Psiquiatra pela faculdade de medicina da UFRJ com especialização e pós-graduação em Psiquiatria pelo Instituto Philippe Pinel, Rio de Janeiro. Membro Titular da Associação Brasileira de Psiquiatria e Membro da Sociedade Internacional de Pesquisa em Esquizofrenia (Schizophrenia International Research Society) desde 2005. Autor do livro "Entendendo a Esquizofrenia.

Compartilhar →

2 Comentários

  1. Ola Dr; estou com probremas, sobre o rivotril, desde 2012, ele nao esta, dando seus efeitos, como dar sono, tranquilidade e acordar calmo com a mente leve, sempre acordo mau e mente pesada; psiquiatras nao sabem o que esta acontecendo comigo, e aumentaram de 2 p/ 4mg, mas nao faz nenhum efeito como fazia antes de 2012, na internet 2 homeopatas me disseram q devo estar com efeitos rebotes ou refratarios. O que, eu, deveria fazer ?

    Post a Reply
    • Vladimir, o Rivotril (clonazepam), assim como outros calmantes, causam depois de um tempo de uso tolerância aos efeitos ansiolíticos e sedativos, ou seja, numa linguagem popular, param de fazer efeito. O ideal, portanto, é não utiliza-los como único tratamento por período prolongado. Converse com seu médico sobre outras opções de tratamento para ansiedade. Um abraço!

      Post a Reply

Enviar Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Receba as postagens por eMail

Receba as postagens por eMail

Insira o seu Email abaixo para receber as postagens, notícias e comunicados do Web Site do Dr. Leonardo Palmeira.

Sua inscrição foi realizada!!

Área do Paciente – Dr. Leonardo Palmeira

Entrar







Perdeu a senha?