Programa do Jô

Ser entrevistado pelo Jô foi, além de uma honra, uma grande celebração do nosso trabalho. Quando recebi o convite, foi difícil acreditar que aquele projeto que surgiu em 2000 em uma pequena sala do Centro Psiquiátrico Rio de Janeiro (CPRJ), com apenas cinco famílias, se tornasse tão frutífero e bem sucedido. O livro já era em si uma grande realização, com a possibilidade de ampliar nosso trabalho, que atendeu dezenas de famílias durante sete anos no CPRJ, para um maior número de pessoas em todo país. O Portal Entendendo a Esquizofrenia, inspirado no livro e no programa de psicoeducação, também foi um projeto ousado, já que não existia um site sobre a doença com esse nível de informação na internet. No segundo mês o portal teve mais de mil acessos e, no terceiro, bateu 5 mil visitantes! É muito gratificante saber que a informação está chegando a um número crescente de pessoas, ajudando as famílias e os portadores de esquizofrenia a conviver melhor.

Mas a entrevista no Programa do Jô teve um sabor especial. Pelo seu prestígio, seriedade e alcance público foi para mim a consagração do nosso trabalho. Um grande presente e reconhecimento pelos anos de trabalho e dedicação. Não posso deixar de agradecer a todos os familiares com quem tivemos a sorte de dividir histórias e experiências e que muito nos ensinaram. Sem eles nada disso seria possível. Sou muito grato ao Dr. Alexandre Keusen, diretor do CPRJ até 2008, grande incentivador e orientador de nosso programa, que me presenteou com o trabalho mais gratificante em meus dez anos de psiquiatria. Agradeço também à Dra. Marcia Rozenthal, com quem muito aprendi sobre a esquizofrenia nos sete anos de pesquisa no programa de Esquizofrenia e Cognição do Instituto de Psiquiatria da UFRJ.

Tenho a cada dia a convicção de estarmos prestando um serviço de grande interesse público e social. Meu foco sempre foi o bem estar do paciente e de sua família e, além do que posso fazer como médico, minha missão também é levar o conhecimento e aconselhar as pessoas que hoje se sentem perdidas, sem saber como lidar com a doença. Como diz uma irmã de um paciente, “a família precisa de um pouco de luz para não lidar às cegas com a doença”.


Postagens relacionadas:



Autor: Dr. Leonardo Palmeira

Psiquiatra pela faculdade de medicina da UFRJ com especialização e pós-graduação em Psiquiatria pelo Instituto Philippe Pinel, Rio de Janeiro. Membro Titular da Associação Brasileira de Psiquiatria e Membro da Sociedade Internacional de Pesquisa em Esquizofrenia (Schizophrenia International Research Society) desde 2005. Autor do livro "Entendendo a Esquizofrenia.

Compartilhar →

3 Comentários

  1. >acabei de ver a entrevista ,e foi um prazer em conhece-lo ,tenho transtorno bipolar e ja li sobre tbem trasntorno bipolar no seu blog,desde ja vou acompanhr seu blog[tenho um tio por parte de pai que e esquizofrenico e conheço uma familia que varios irmaos tem problemas mentais ,dai sera que a parte hereditaria nao e a mais forte relaçao para essas doenças aparecer ] ,,um abraço,,eraldo machado ,usuario do CAPS em palhoça S.C

    Post a Reply
  2. >Olá Dr. Leonardo!

    Assisti a sua entrevista no Jô e fiquei feliz de ver o seu trabalho tendo um reconhecimento tão significativo. Parabéns!
    Eu sou uma antiga paciente sua da época que o senhor trabalhava na Varig e fazia um ótimo atendimento ao grupo de vôo.
    Mais uma vez parabéns e sucesso no seu caminho. Que o senhor continue clinicando, pois nós, maluquinhos, precisamos contar com bons médicos nos momentos de crise.
    Um abraço,
    Isabelle Martins

    Post a Reply
  3. >Isabelle,

    que bom ter notícias suas! Fico feliz que tenha gostado da entrevista.

    Agradeço também todo o carinho que tenho recebido por e-mail, pelo blog e pelo Portal Entendendo a Esquizofrenia.

    Um abraço,
    Dr Leonardo

    Post a Reply

Deixe uma resposta para trastorno bipolar Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Receba as postagens por eMail

Receba as postagens por eMail

Insira o seu Email abaixo para receber as postagens, notícias e comunicados do Web Site do Dr. Leonardo Palmeira.

Sua inscrição foi realizada!!

Área do Paciente – Dr. Leonardo Palmeira

Entrar







Perdeu a senha?